quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Cortei meus pulsos
E num suicídio pra vida
Derramei meu sangue
Pra escorrer nas veias de outro mundo

2 comentários:

D i c a disse...

Às vezes é a única saída.
Morrer nem deve ser tão ruim assim.

;*

Natália Corrêa disse...

Morrer pra vida.
E não morremos um pouco todo fis?