terça-feira, 13 de abril de 2010


Um pensamento destrói o mundo
e meu ser vira passaro liberto

Meu corpo não comporta mais alma
Transcendo inevitavelmente pra todos os cantos
e o respirar é um tragar de si mesmo

Penso estar perdido,mas apenas vejo
que no fundo tudo que sou
é o próprio espaço que habito

E meu mundo agora gira solto
correndo aos passos do que reflito

3 comentários:

Diogo Silva de Oliveira disse...

Gostei, Uri.

Anônimo disse...

Está sumido...quando volta ao mundo da blogosfera? :D

André Figueiredo disse...

Parabéns Uri, muito bons mesmo.
Gostei fácil.
Até breve,
Shalom!