sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Quem dirá adeus
Se tantas rotas e voltas
Se confundem
E toda partida vira encontro?

Se toda despedida
Nunca é certeza do fim
E o mundo que dizemos pequeno
Mostra apenas
Tudo que não sabemos

Quem dirá adeus
Se tanto que nem vimos
Ainda está por vir
E nunca saberemos
De fato,o fim.



3 comentários:

gabriela marques. disse...

E então fica a esperança revivendo aquela chama... e machuca, não?

Gostei de ver sua presença em meu cantinho, viu? Volte sempre que quiser.

Imenso beijo, feliz 2011.

Casillero del Kris disse...

Opa brother..aproveitando a ocasião, que por acaso entre no seu blog, quero desejar um abençoado ano. Que este no seja um kairos na sua vida, tempo oportuno, de ralizações.
forte abraço..
Deixo meu convite pra visitar o meu blog...

modesto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.