sábado, 27 de fevereiro de 2010

Habita em meu corpo
um sentimento que nunca morre
nem tão pouco se esquece

Assim como o próprio homem
nasce,cresce e amadurece

so as vezes se perde...

2 comentários:

Camila Rosa disse...

O amor é assim...

D i c a disse...

Só às vezes?
Não seria sempre?


.. anda tão ritmado!